Sociedade
23/11/2020

Miranda do Corvo em risco muito elevado

Miranda do Corvo foi classificada como concelho de risco muito elevado com a atualização do Governo, no sábado, dia 21 de novembro, da lista dos concelhos com risco de propagação da covid-19 e está sujeito às novas medidas a vigorar com a entrada no novo Estado de Emergência

Miranda do Corvo foi classificada como concelho de risco muito elevado com a atualização do Governo, no sábado, dia 21 de novembro, da lista dos concelhos com risco de propagação da covid-19 e está sujeito às novas medidas a vigorar com a entrada no novo Estado de Emergência

Perante a situação, o presidente da Câmara Municipal de Miranda do Corvo, Miguel Baptista, deixou uma mensagem aos mirandenses na página do facebook oficial do município.

“Vivemos hoje (sábado) o primeiro sábado de recolher obrigatório em Miranda do Corvo.

Após a renovação do Estado de Emergência, o Senhor Primeiro-Ministro acaba de anunciar mais medidas aos portugueses.

Miranda do Corvo, regra geral,sempre cumpriu as normas da Direção Geral da Saúde (DGS) e as medidas decretadas pelo Governo.

Todavia, devido ao grave aumento de casos da covid-19  no nosso concelho nas últimas duas semanas, fomos hoje (sábado) classificados como concelho de Risco Extremamente Elevado.

Além de outras medidas, irá continuar a vigorar em Miranda do Corvo o recolher obrigatório em moldes semelhantes aos atuais.

Miranda vive, assim, uma situação muito crítica e preocupante. Como é público, existe um surto forte e localizado numa instituição e já temos muitos contágios no seio das famílias da nossa comunidade.

Temos mais de uma centena de casos ativos e com tendência de agravamento. A situação está a ser acompanhada pelas Autoridades de Saúde, sendo da responsabilidade de cada um nós combater a propagação da doença.

O bem-estar dos mirandenses sempre foi, é e será a nossa prioridade.

Por um lado, devemos contribuir para a saúde física e emocional de todos, e, por outro lado, vamos reforçar o apoio social e económico.

Assim, a gestão da crise que vivemos é um exercício de equilíbrio extremamente difícil e queexige um forte empenho coletivo.

Caros amigos,

Quero aqui deixar uma palavra de profunda gratidão a todos vós, a todas as empresas e a todas asinstituições do concelho, sem exceção, não esquecendo o empenho de todos os colaboradores do município.

Expresso esta palavra de sentida gratidão por tudo o que têm feito ao longo destes nove longos meses e, estou certo, irão continuar a fazer por um futuro mais feliz da Família Mirandense.

Quero também deixar uma palavra sentida, solidária e de conforto a todos os mirandenses diretamente atingidos pela doença, bem como aos empresários e comerciantes tão afetados na sua atividade”.














METEOROLOGIA
MIRANDA DO CORVO Meteorologia