Saúde
19/1/2021

“É surreal” haver em Miranda do Corvo um hospital fechado

O Hospital Compaixão, em Miranda do Corvo, concluído há perto de dois anos, continua de portas fechadas, panorama rotulado de surreal por Tiago Mayan Gonçalves, candidato a Presidente da República.

O Hospital Compaixão, em Miranda do Corvo, concluído há perto de dois anos, continua de portas fechadas, panorama rotulado de surreal por Tiago Mayan Gonçalves, candidato a Presidente da República.

“Foi surreal (…) olharmos para uma unidade com todas as valências, equipamentos topo de gama, valências que são absolutamente necessárias neste contexto de pandemia, como os ventiladores”, afirmou Tiago Mayan.

Para o candidato presidencial, independentemente das ideias e das ideologias de como se devem prestar os serviços de saúde em Portugal, é “incompreensível que toda a capacidade instalada do país não esteja a ser usada, quer a privada ou social”.


Leia a notícia completa na edição em papel do próximo Mirante.

METEOROLOGIA
MIRANDA DO CORVO Meteorologia